A existência de “iscos emocionais”, acelera a experiência de cliente de forma positiva!
Para uma melhor compreensão e definição destes pontos de contacto do cliente com o nosso site ou campanha digital (por exemplo), é necessário um conjunto de várias iterações de planeamento, design, testes e análise para se desenhar a experiência pretendida.
Quanto mais iterações existirem mais robusto será o resultado!
Então o que não pode (mesmo) faltar no desenho de uma experiência de cliente e seus objectivos?

A maioria das empresas com quem temos trabalhado, está a revolucionar as suas experiências de clientes através da transformação dos seus conteúdos digitais.
Quando o seu site ou plataforma/app tem um “era uma vez”, a taxa de interação do utilizador aumenta de uma forma significativa!

O “contar uma história” pode ter vários formatos, mas deve estar pensada desde o 1º contacto do cliente e manter-se ao longo de toda a jornada.
Estes são alguns formatos que pode investir em termos de conteúdo:
  • Teasers – Crie empatia com a apresentação de personas
  • Vídeos sequenciais – Informações em formato tutorial
  • Vídeos Interactivos – Deixe o visitante tomar decisões
  • Mensagens customizadas – Dicas em função da seçcão onde o visitante se encontra
  • Anuncios de remarketing– Complemente a história nas redes sociais

 

Se nos últimos tempos a experiência de cliente tem sido uma prioridade das empresas, a utilização da tecnologia para análise e optimizações regulares, é uma necessidade.

Mas como escolher e implementar este tipo de soluções/ferramentas?
Tem sido esta uma das principais preocupações das empresas com quem temos trabalhado no nosso programa CX4.0.

Em função da realidade de cada empresa, temos criado planos step-by-step para a identificação e implementação da melhor metodologia/ferramenta que beneficie a experiência de cliente destas empresas.